Tradições e significados nos casamentos
17 de janeiro de 2018 Carolina Yasuda

Todo casamento é especial e único. Independente do rito, religião, condição financeira dos noivos ou qualquer outra peculiaridade. Mas existem muitas coisas em comum, na maioria das celebrações, que nós conhecemos, já vimos muitas vezes e nem imaginamos o que significam e de onde vieram.

Por isso, separamos algumas curiosidades sobre as principais tradições, claro que elas foram se consolidando ao longo da história e muitas vezes não conseguimos saber sua real origem, mas vamos seguir pelo senso comum e tentar olhar com ainda mais carinho para esses detalhes queridinhos que nós amamos!

Noiva de branco

Desde antes de Cristo é muito comum as noivas usarem branco como símbolo de pureza e castidade. Mas durante alguns anos do século X a cultura oriental influenciou muitos vestidos e as noivas chegavam ao altar com cores fortes e vibrantes. Então, um casamento “dividiu” a história: Rainha Vitória e Príncipe Albert, da Inglaterra. Na cerimônia, a rainha usou branco e a partir daí a tendência nunca mais saiu de moda.

Buquê

O surgimento desse item tão característico é muito incerto, mas muitos acreditam que essa mania começou na grécia antiga, quando as noivas levavam ramos de ervas como oferta para a deusa Hera, noiva de Zeus. Outra teoria desse mesmo período histórico diz que as noivas carregavam ervas e alho (montando um buquê) como símbolo de sorte e amuleto contra inveja.

Já na idade média, como era costume as noivas irem a pé para a cerimônia, durante o caminho elas recebiam flores, ervas e temperos com o intuito de atrair sorte e felicidade. Assim surgiu outra teoria sobre essa tradição.

Véu

Desde o início da bíblia ele estava lá. Logo em gênesis aparece uma passagem na qual Rebeca se cobre com um véu para se apresentar ao noivo Isac. Além de dar um ar de mistério e surpreender o amado, acredita-se também que, na Grécia antiga, o uso do véu protegia a noiva do mau-olhado e dos admiradores. Na idade média se tornou um item de nobreza nas cerimônias (hoje, mais do que nobreza, amamos esse item super fashion).

Jogar “arroz”

No mundo atual dos casamentos, o arroz muitas vezes é substituído por sparkles, confetes, pétalas de flores ou bolinhas de sabão, mas essa tradição teve origem asiática, na qual o arroz significa prosperidade. Assim, muitos casamentos adotaram essa forma carinhosa de comemorar o início de uma nova etapa na vida do casal. Hoje, o que vale é criar um corredor cheio de amor e celebrar muito!

 

Bem-casado

Criado na Europa, o doce bem-casado ainda é o preferido de muitos casais para demonstrar seu carinho para os convidados. Segundo a lenda, o bem-casado simboliza a união de duas partes por meio da felicidade e cumplicidade, e cada convidado que receber o doce, poderá ser abençoado com a mesma sorte dos noivos. Tem gente que ainda faz um pedido antes de dar a primeira mordida. Não custa nada tentar, né?!